Menu

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Receita: Arroz Maluco


Fala pessoal! Como de costume, segunda-feira é dia de receita no Mundo Gastronomic! A receita de hoje foi feita no capricho durante o fim de semana, é uma receita que já comi em diversos restaurantes, mas dessa vez resolvi me arriscar a fazer, e vou dizer uma coisa, deu muito certo! Ficou uma delícia!

É um acompanhamento que na verdade é bem completo. Aqui vai nossa receita de Arroz Maluco. Ao trabalho!


domingo, 28 de abril de 2013

Chef ensina passo a passo a fazer um Talharim com Camarões Rosa prático e saboroso

Caros, segue ótima dica deste vídeo produzido pela TV Caras mostrando passo a passo como preparar um Talharim com Camarões Rosa impecável.


O que me chamou mais atenção foi a maneira de pegar ingredientes simples e preparar de uma forma diferente, e com uma apresentação tão bem elaborada. Profissional, coisa de Chef mesmo. Para quem é da área ou gosta do assunto como eu, sempre vale a pena acompanhar esse tipo de reportagem para aprender maneiras diferentes de preparar e apresentar pratos que vemos em nosso dia a dia.



sábado, 27 de abril de 2013

Receita: Repolho cremoso



Olá para todos, colegas da gastronomia! Como vão neste sábado?

Hoje trago para vocês um ótimo acompanhamento que utiliza ingredientes bastante simples mas que faz uma diferença na sua refeição, o Repolho Cremoso! Esta receita não tem nenhum segredo, mas o resultado final fica bem interessante, vamos ver como?



sexta-feira, 26 de abril de 2013

Comida árabe no novo restaurante Zahara

Fica a dica de novo restaurante com pratos típicos e tema árabe, o restaurante Zahara, aberto há uma semana na Barra, Rio de Janeiro.

No cardápio, típicos quitutes árabes como as esfirras de vários sabores (18,50 R$ a porção), quibes recheados (18,50 R$) e as famosas caftas (18 R$). Porém, vale a pena experimentar alguns pratos diferenciados que parecem estar vindo com uma ótima proposta, como o vegetariano árabe ou a apetitosa feijoada árabe, com feijão branco, uma suculenta carne de cordeiro, couve, farofa e arroz de aletria (este servido apenas às quartas e aos sábados, à 62 R$ para duas pessoas).



quarta-feira, 24 de abril de 2013

Receita: Pizza de pão árabe com calabresa



Olá meus caros leitores, como vão nesta quarta-feira pós feriado? Espero que bem! No meio da semana, nada cai melhor do que uma receita básica de lanche, então compartilhamos uma receita de pizza feita com pão árabe, que pode ser facilmente encontrado no mercado. Basta colocar o molho, os toppings (o que você coloca por cima) e levar ao forno! Simples assim. O pão árabe fica bastante crocante e é bem prático e mais saudável.



terça-feira, 23 de abril de 2013

Mundo Bizarro: Restaurante francês serve pratos finos com grilos e minhocas

Há muita coisa por aí no mundo da gastronomia que não conhecemos. Comer os pratos que estamos acostumados, ou mesmo que seja algo diferente, mas com os deliciosos temperos que amamos, isso é fácil. Quero ver encarar estes pratos oferecidos pelo restaurante francês Aphrodite.

Atenção, antes de continuar, recomendo discrição!

O restaurante é conceituado na França, mas eles estão com uma aposta um tanto peculiar. São pratos com especiarias bem exóticas: grilos, minhocas e sabe-se lá mais o que. Nojento? Bem, não exatamente! É gastronomia exótica. Talvez, se eu estivesse por lá, eu experimentasse, mas e você? É conhecido que na China, por exemplo, são servidos ao ar livre petiscos de grilos, escorpião e outros tipos de insetos fritos.

Só para provar que não estou mentindo, não é a primeira vez que vejo pratos exóticos na França. O Andouillette realmente foi algo inesquecível.



segunda-feira, 22 de abril de 2013

Receita: Rocambole de Carne Moída Surpresa

Olá minha gente, como vão todos? Alguns de vocês aproveitando o feriadão, outros na ralação como eu estive hoje, rs.

Segunda-feira é dia de receita no Mundo Gastronomic! Então aí vai a desta segunda: Receita de Rocambole de Carne Moída Surpresa! Como assim surpresa? Bem, é que você pode rechear com algumas coisas bem gostosas dentro do rocambole, no caso desta receita, queijo com presunto. Mas pode usar a criatividade! Pode utilizar tomate (aqui no Brasil, só quando cair o preço né, rs), pimentão, ovos, cenoura, basicamente o que sua criatividade mandar.



domingo, 21 de abril de 2013

Comida di Buteco: Aprenda a fazer o bolinho de mandioca

Para aqueles que estão acompanhando o concurso Comida di Buteco 2013, saiu no Globo.com um vídeo passo a passo mostrando como preparar um dos pratos mais tradicionais do concurso: o famoso bolinho de mandioca.

O vídeo mostra com detalhes como preparar essa gostosura, com as ressalvas do Chef Alcimar Batalha, que trabalha no restaurante Galvez, em Manaus - Amazonia. Vale a pena dar uma olhada para ver o verdadeiro preparo deste petisco!

Veja a matéria no Globo.com, com o vídeo mostrando passo a passo como preparar a receita.




Chef Brasileiro Alex Atala é o único a aparecer no ranking das 100 pessoas mais influentes do mundo da "Time"

Conceituada e conhecida no mundo inteiro, a revista Time divulga todo ano uma listagem com as 100 pessoas mais influentes do mundo. O ranking contempla desde políticos, a defensores de causas humanitárias. Na listagem divulgada dia 18/04/2013, uma surpresa: um chef Brasileiro, Alex Atala, o único chef a aparecer no ranking.

Chef do famoso restaurante dinamarquês Noma,  tido como o melhor do mundo de acordo com a revista Restaurant, Atala é dito como "uma das pessoas mais mais dedicadas da indústria" da gastronomia, descreve René Redzepi.

"Sua filosofia do uso de ingredientes nativos brasileiros na alta gastronomia deslumbrou o continente", continua Redzepi.

Alex passou por uma longa trajetória até chegar neste patamar. Criado em São Bernardo do Campo, saiu de casa para ser DJ antes dos 18 anos. Aos 18, viajou para Europa como mochileiro e trabalhou pintando paredes na Bélgica, em seguida trabalhando em um restaurante, onde pode desenvolver seus talentos gastronômicos. 

Pouco tempo depois, junto com dois sócios, inaugurou o restaurante D.O.M., recebendo diversos prêmios. Em 1999, recebeu prêmio de chefe revelação, e o D.O.M., eleito o melhor restaurante pela revista Gula.




sexta-feira, 19 de abril de 2013

Receita: Torta de Creme Carolinda com Castanhas

Boa noite pessoal! Hoje é sexta, tem gente que está por aí na curtição, e não é por menos né, quem não quer um merecido descanso depois de mais uma semana de batalhas?

Hoje, como prometido, vou apresentar para vocês uma deliciosa torta feita com o Creme Carolinda, simplesmente espetacular, é a receita de Torta de Creme Carolinda com Castanhas! Nada como misturar o sabor desse creme com algumas castanhas para deixar ainda mais gostoso, não acham? Vamos ao trabalho!


Características


CategoriaSobremesa
Tempo de preparo45 minutos mais 1h do Creme Carolinda
Rendimento12 porções
ComplexidadeIntermediária


Ingredientes 



- 3 latas de leite condensado
- 3 latas de creme de leite
- 3 medidas de lata de leite (quase uma caixa)
- 150g de castanhas dessalgadas
- 1/3 de tablete de manteiga
- 1 barra de chocolate meio amargo (mínimo 43% cacau)
- 1 colher de sopa cheio de chocolate em pó
- 2 pacotes de biscoito de maizena


A castanha você pode usar moída se preferir pela praticidade, desde que seja dessalgada, mas eu sinceramente prefiro comprar inteiras e moer no liquidificador.

Para a medida de lata de leite, utilize a própria lata do leite condensado ou creme de leite.

Preparo


Massa

Pegue um pacote de biscoito de maisena, coloque os biscoitos em um liquidificador e triture até virar um farelo. Uma dica é utilizar a função pulsar do liquidificador.

Em uma bacia, misture o farelo de maisena, a manteiga e uma colher de chá rasa de chocolate em pó. Utilizando as mãos, misture bem estes ingredientes na bacia, até formar uma farofa amarronzada. Tome o cuidado de deixar bem uniforme, sem manteiga ou pedaços grandes de biscoito sobrando.

Forra o fundo de uma forma sem fundo de 28 cm de diâmetro com a massa, utilizando os dedos para espalhar bem. Bata com as pontas do dedo pela borda de formando uma bordinha que ficará crocante depois de ir ao forno. 

Acenda o forno em fogo alto, deixe pré-aquecer, e em seguida coloque a massa, diminuindo para temperatura mínima. Deixe por não mais que 10 minutos e reserve.

Recheio


Prepare o Creme Carolinda exatamente como explica o link, utilizando a mesma quantidade de ingredientes proposta na receita. Uma vez preparado o creme, pegue 100g de castanhas trituradas (ou se não estiverem trituradas, leve no liquidificador utilizando a função pulsar, tomando cuidado para não moer demais) e misture as castanhas, já com o fogo apagado. Misture bem as castanhas com o creme!

Pegue a massa reservada e coloque uma camada do Creme Carolinda com castanhas. Esquente um pouco de leite, cerca de 1/4 de copo e misture com o chocolate em pó que sobrou do preparo da massa. Vá pegando biscoitos de maisena e molhando dos dois lados neste leite achocolatado e colocando por cima desta primeira camada de creme, despojando biscoitos por toda a primeira camada de creme (veja a foto). 

Acrescente mais uma generosa camada de creme e mais uma camada de biscoitos, fazendo o mesmo processo. Por cima da segunda camada de biscoitos, coloque mais uma boa camada de creme, utilizando todo creme restante. Serão no total 3 camadas de creme e 2 de biscoitos.

Acabamento


Derreta a barra de chocolate em banho maria, acrescendo aos poucos o líquido que sobrou do preparo para molhar os biscoitos, de forma que o chocolate fique renda mais e fique menos espesso. 

Pegue este chocolate derretido e despeja por cima da camada de creme, utilizando uma colher de pau para, delicadamente, espalhar por toda superfície da torta.


Agora é só decorar! Claro que este acabamento, além de cativar as pessoas, dá um gostinho especial. 

Com o restante das castanhas moídas (cerca de 50g), coloque uma boa parte envolta da torta, formando uma borda de castanha, e em seguida polvilhe delicadamente pelo meio, mais para dar um preenchimento. Use sua criatividade para ficar bem bonito! Mas vendo a foto dá para ter uma ideia.

Leve agora a torta por 3 horas na geladeira. Quando estiver bem consistente, desforme, e sirva. Aprecie com moderação!!! Eai, esta foi Gastronomic para você? Não deixe de dar sua nota para receita, no final do post!





Abraços e até a próxima!







O segredo do Creme Carolinda

Meus caros leitores! Vamos chegando pois hoje quero compartilhar com vocês um segredo de família que já venho dividindo com vocês há algum tempo sem nem vocês saberem. É um segredo de preparação de um creme muito gostoso para tortas e pavês, um creme diferente do tradicional.

Batizei com o nome de Creme Carolinda como uma pequena homenagem à minha esposa, que me ensinou a fazer esta verdadeira obra de arte. Na verdade, como as melhores coisas da vida, não há nada de complexo ou rebuscado na preparação deste creme, apenas a paciência e a persistência. Ele demora um pouco para pegar o ponto, mas garanto que vale a pena!

Abaixo algumas receitas do Mundo Gastronomic! que já foram feitas com o creme:


Em breve vou colocar mais receitas de tortas e pavês com este creme que tanto gostamos!

Mas como fazer o Creme Carolinda? Bem, está na hora de colocar a mão na massa, então, vamos ao trabalho!


Características


CategoriaCreme para sobremesas
Tempo de preparoAproximadamente 1 hora para 3 medidas
ComplexidadeSimples


Ingredientes 



- 3 latas de leite condensado
- 3 latas de creme de leite
- 3 medidas de lata de leite








Você sempre poderá diminuir ou aumentar a quantidade de creme, baste aumentar ou diminuir a medida proporcionalmente.

Para as medidas de lata de leite, utilize a própria lata de leite condensado como uma medida.


Preparo

Pegue uma panela grande, coloque todo leite condensado, creme de leite e as medidas de lata de leite e acenda em fogo alto, misturando sempre. Prepare para ficar misturando por um bom tempo.

Fique misturando em fogo alto até o creme começar a ferver e por consequência subir. Enquanto o creme estiver subindo, fique mexendo por mais um tempo e logo em seguida diminua o fogo para médio/baixo, quase no mínimo. Esta etapa deve demorar uns 10-15 minutos.


A partir deste ponto vem a parte repetitiva de ficar mexendo até o creme engrossar. Uma dica é mexer o creme pelas bordas delicadamente e de tempos em tempos mexer um pouco pelo meio, com mais velocidade. Isto além de ajudar a desgrudar do fundo vai ajudar a engrossar mais rápido.

O creme vai começar a engrossar, mas não se deixe enganar. O ponto certo, como possível ver na foto abaixo, é quando o creme estiver mais amarelado e bem grossinho. Este processo deve levar cerca de 45-50 minutos. Não pode estar líquido! Isto se dá devido a fervura do leite, com o tempo o creme da uma boa engrossada. Quando pronto, ele deverá ficar assim:



Agora é só pegar o creme e inventar uma boa sobremesa! Como comentado, fica muito bom em tortas e pavês. No próximo post eu vou ensinar como usar esse creme para fazer uma incrível torta. Por enquanto, boa noite para vocês! Abraços.





quarta-feira, 17 de abril de 2013

Cervejas artesanais e petiscos de primeira é no Botto Bar

Para quem é morador do Rio de Janeiro e gosta de degustar cervejas diferenciadas, aqui vai mais uma dica que com certeza vai chapar.

O Botto Bar, novo botequim inaugurado no polo "barstronômico" da Praça da Bandeira conta com 20 torneiras de chopes nacionais e importados, além de uma oferta de petiscos de dar água na boca, como o croquete de queijo e o de carne seca na cerveja.

As torneiras oferecem cervejas de vários tipos, desde as brasileiras, até a belga, americana, alemã e inglesa. Não tem cerveja em garrafa, mas sinceramente, isso não faz falta! O clima do local é aconchegante e conta com música ao vivo, com direito a show de blues nas terças. Quem quiser também pode levar um copo de souvenir, especial da casa. Vale a pena levar pelo menos um, pelo seu visual decorativo de botequim, fica ótimo em uma sala com o tema.

O endereço completo do Botto Bar é: Rua Barão de Iguatemi - 205, Praça da Bandeira, Rio de Janeiro, RJ

Matéria completa: http://rioshow.oglobo.globo.com/gastronomia/restaurantes/botto-bar-3058.aspx




segunda-feira, 15 de abril de 2013

Receita: Fettuccine com salmão ao molho pomodoro

Meus amigos! É ótimo estar novamente com vocês após mais um dia de batalha. Um dos melhores momentos do dia é vim trazer a vocês uma receita feita com muito carinho. Hoje, como costumo fazer nas segundas, trago a vocês mais uma das minhas especiais: Fettuccine com salmão ao molho pomodoro.

Geralmente uma boa massa, principalmente as italianas, caem muito bem com peixes, frutos do mar e especiarias do tipo, então achei esta receita muito conveniente! Vamos ao trabalho?


Características


CategoriaPrato pricipal
Tempo de preparo40 minutos
Rendimento5 porções
ComplexidadeSimples


Ingredientes 



- 300g de fettuccine
- 1 sache de molho de tomate pronto
- 3 colheres de sopa de azeitonas preta
- 1 lata de tomate sem pele em conserva (ou 2 tomates italianos)
- 5 dentes de alho
- 1 cebola pequena
- 6 ramos de salsinha
- 5 cebolinhas
- 1 kg de salmão fresco
- 3 colheres de sopa de vinagre
- manjericão


Algumas considerações rápidas aqui. 1. O fettuccine não necessáriamente precisa ser fettuccine, mas aconselho alguma massa italiana, elas são sem dúvida as da melhor qualidade, e não são tão caras. 2. Se não tiver o tomate em conserva e for usar o italiano, não esqueça de remover a pele e as sementes.



Preparo


Desculpe dizer, mas esse prato é uma delícia, ainda mais acompanhado de um vinho em um dia frio! Lembra de minha viagem à Europa, caminhando pelas ruas do Trastevere.

A primeira coisa a se fazer é pegar o salmão, cortar em postas, de preferencia deixando a pele, pois dá um gostinho daqueles, mesmo que você remova a pele depois. Essas postas de salmão deverão ficar de molho, parecido com a receita do salmão grelhado ao molho de ervas, mas sem o limão, que simplesmente não combina com o gosto do pomodoro. 

Para deixar as postas de molho, prepare o molho colocando 2 dentes de alho, 3 ramos de salsinha, sal a gosto (eu gosto de usar cerca de meia colher de chá), 3 colheres de sopa de vinagre e 2 dedos de copo de água em um liquidificador, usando a função "pulsar" para bater tudo. Uma vez bem líquido, pegue este molho e jogue por cima do salmão, deixando de molho até colocar para grelhar. Enquanto isto vamos preparar o molho. 

Para o molho, pique o alho e a cebola (a cebola eu gosto em pedacinhos bem pequeninhos, quase imperceptível, mais para dar gosto), pegue uma panela média/grande, acenda em fogo alto e coloque 3 colheres de sopa de óleo. Coloque a cebola e o alho e deixe ficarem bem douradinhos. Uma vez dourados, coloque o sache de molho de tomate, 2 dedos de copo de água, 1/4 de colher de sopa de sal e uma colher de açúcar. Misture bem todos os ingredientes e diminua o fogo para médio/baixo. Acrescente as azeitonas pretas, o restante da salsinha picadinha e o manjericão. Quando estiver mais grossinho o molho, cerca de 15 minutos depois, pode apagar e reservar. 

Enquanto for preparando o molho, pode ir ao mesmo tempo, para agilizar o preparo, pegando uma frigideira grande para preparar o salmão, e uma panela grande para ir cozinhando a massa. 

Para a massa, sem mistério. Ferva a água com um filete de azeite e uma colher de chá de sal. Quando a água ferver, coloque a massa por cerca de 5 minutos, ou até ficar Al dente

Vamos para o salmão então. Nenhum mistério também, por isso considero essa receita simples! 

Acenda a frigideira em fogo alto, coloque 2 colheres de óleo e deixe ficar quente, colocando o salmão em seguida. Grelhe dos dois lados, deixando bem douradinho. Uma dica: antes de colocar o salmão para grelhar, tempere com um pouquinho de ajinomoto, fica bem gostoso!

Estamos quase lá. Pegue um prato, coloque por baixo o fettuccine, o salmão por cima e regue com o molho pomodoro, de forma bem elegante. Coloque a cebolinha por cima e voilá! Que beleza de prato para um dia frio!

Sirva com vinho!



Bom apetite e até a próxima!






Concurso Comida Di Buteco no Rio de Janeiro

Olá meus caros! Comentei com vocês recentemente sobre o concurso Comida Di Buteco que está rolando em São Paulo. Pois bem! Desde o dia 12, o Comida Di Buteco também está rolando aqui no Rio de Janeiro, e sinceramente, com cada prato que é de surpreender o gosto mais exigente!

As regras são as mesmas: cada estabelecimento apresenta seu melhor prato da gastronomia de botequim. Mas nada de casas super requintadas! O dono deve administrar o próprio local. Porém, a diferença é que aqui na cidade maravilhosa, os pratos vêm carregados daquele gostinho da tradicional boêmia carioca, típico deste povo amistoso. Abaixo alguns pratos simplesmente estonteantes:

Linguiça de baco no molho de vinho com especiarias, cebola e queijo gorgonzola derretido, no Adega Pérola

Anéis de lagarto recheados com linguiça de pernil ao molho de vinho, no Carioquinha


Atoleiro Carioca, com peito de boi, linguiça e aipim no molho pesto de agrião, no Da Gema


Porção de aipim frito enrolados no bacon com molho bechamel, no Bar do Oswaldo

Porção de costelinhas de porco, linguiça calabresa e aipim, no Caldo Beleza

Os endereços dos restaurantes, assim como a matéria original completa, podem ser encontrados no link: http://rioshow.oglobo.globo.com/gastronomia/eventos/comida-di-buteco-2013-8075.aspx




domingo, 14 de abril de 2013

Receita: Canapés com queijo branco, calabresa e azeitonas

Olá todos, como vão nesta noite de sábado? Está chuvoso aqui no Rio de Janeiro, perfeito para preparar uma receitinha leve para ficar petiscando com namorado/namorada, então resolvi trazer para vocês um preparo bem rápido, os canapés de queijo branco com calabresa e azeitonas.

Ao trabalho!


Características


CategoriaAperitivo
Tempo de preparo15 minutos
Rendimento2 porções
ComplexidadeMuito simples


Ingredientes 


- torradinhas estilo canapé
- 50g de calabresa
- 200g de queijo branco
- 2 colheres de copa de azeitonas verdes
- ervas finas





Preparo


Fatie o queijo branco em pequenas fatias que fiquem do tamanho dos canapés. Uma dica é fatiar o queijo branco e depois dividir a fatia maior em fatias menores até caber no canapé.


Cubra todos os canapés com queijo branco e comece a, alternadamente, colocar em alguns, fatias de calabresa, e em outros, azeitonas verdes inteiras. Em seguida, regue generosamente cada canapé com ervas finas, que contenha alecrim de preferência. Arrume os canapés em uma forma para pizza redonda e leve para gratinar no seu fogão (se o fogão possuir o fogo que sai do alto, é a melhor opção, pois a intenção aqui é justamente fazer o queijo branco derreter com o fogo).


Após cerca de uns 10 minutos sob o fogo, o queijo branco vai derreter e você terá os canapés com uma carinha bonita e que rende um bom filme nesse dia chuvoso!



Abraços e até a próxima!