Menu

domingo, 8 de dezembro de 2013

Viagem EUA 2013 - 1° dia - Mignon com Camarão no Heartland Brewery and Chophouse

Mignon and Shrimps (Filé mignon com camarão) no primeiro dia dessa fantástica viagem

Olá! É bom estar de volta ao meu belo país tropical após 18 dias de viagem nas Américas. Sim meus caros, alguns de vocês devem ter percebido que dei uma boa sumida, mas foi por um bom motivo. Eu e minha amada esposa fizemos mais uma aventura, assim como fizemos há dois anos atrás, desta vez para os Estados Unidos da América.

Amante da boa gastronomia como sou, não pude deixar de documentar tudo desta viagem. Assim como fizemos na viagem à Europa que fizemos há dois anos. Isso significa cada passo, cada nome de prato, os nomes dos lugares, drinks e bebidas. Pretendo trazer tudo isso a vocês, aqui, neste humilde blog, com finalidade de que você, seja um curioso, viajante, amante da boa comida, seja quem for, possa saber um pouco mais sobre a gastronomia pelo mundo! Afinal, esse é o objetivo deste blog, certo?

O primeiro dia desta longa viagem foi o dia em que chegamos na primeira cidade desta jornada, após longas 12 horas de viagem, com direito a duas conexões (do Rio de Janeiro - Brasil, passamos primeiro por São Paulo, então já nos EUA, passamos por Washington e finalmente fomos para Nova York). Cansativo, mas pelo menos dormi no vôo. 

É claro que após tanto tempo de viagem, não podíamos nos resignar no hotel, que a propósito foi o La Quinta Inn, localizado na Korean Way em Manhattan. Estávamos famintos, e apesar do lanchinho safado mas melhor que nada oferecido no avião, precisávamos de algo com mais qualidade. 

Quando chegamos já eram umas 20h, horário local. Fomos andando pelas ruazinhas de Manhattan, na cidade que é considerada a capital do mundo. Foi aí que encontramos um lugar bem amistoso que atraiu nossa atenção, chamado Heartland Brewery and Chophouse, que ficava na West 43, entre a 6ª e a 7ª avenida. Um dos fatos curiosos sobre Nova York e várias cidades dos EUA, é que as ruas são representadas por números, e algumas poucas por nomes, como a Broadway (ah, a famosa Broadway). Isso a princípio nos confundiu, mas depois vimos que é um sistema lógico bem fácil de se localizar. Aliais, toda a ilha de Manhattan foi planejada, então lá é bem fácil de andar ou pegar um metrô para ir para todos os lados.


Entrando no belo restaurante, que possuía um visual que arremetia uma mistura de bar, com restaurante fino e um leve toque retrô, não perdemos muito tempo com entradas. Fomos logo pedindo as bebidas e o prato principal, tudo com a ajuda do garçom é claro, que foi bem amistoso por sinal. Aliais, se você planeja fazer uma viagem dessas, prepara-se para o famoso tip. O tip nada mais é o que chamamos de gorjeta, mas funciona um pouco diferente. Nos Estados Unidos, é costume se dar gorjeta para muitas coisas. Nós aqui do Brasil estamos acostumados a pagar por um serviço e receber o que temos direito, mas lá, em alguns lugares como restaurantes, os funcionários nem sempre recebem tão bem, então a gorjeta é um complemento essencial. Em alguns lugares, chega a ser até ofensivo não dar o tip. Em geral, no restaurante, se dá de 10 a 20% de tip em relação a conta total, mas pode-se dar o quanto quiser. O lado bom é que assim os garçons se esforçam bastante para lhe atender bem, e realmente fomos muito bem atendidos em todos os lugares.

Bom, voltando ao Heartland, como a casa é uma cervejaria, pedi para mim uma cerveja da casa (Cornhusker Larger), muito boa por sinal. Aliais, as cervejas dos EUA são em geral de ótima qualidade comparada as encontradas por aqui. Minha esposa caiu dentro numa Pina Colada, boazinha, mas já tomamos melhores, como a do Coahuila.


Enquanto degustávamos essas belezas, chegou o prato principal. Uma combinação que geralmente estranhamos por aqui, mas que pela maneira que foi apresentada, combinou perfeitamente: Filé Mignon com Camarão. Uma delícia!


O prato estava incrível! O filé veio no ponto que pedimos, tostado por fora e levemente vermelho por dentro. Os camarões bem grelhadinhos. De acompanhamento, legumes diversos, incluindo cenoura, pimentão, cebola e alguns outros. Para finalizar, uma fatia de limão siciliano para temperar os camarões. Uma ótima receita que terei que fazer algum dia!

O prato, apesar de não parecer muito, dá para duas pessoas, desde que não estejam morrendo de fome. Se complementar com sobremesa, como fizemos, fica perfeito.

Para sobremesa, pedimos um Chocolat Mountain, que era tipo um bolinho de chocolate com uma fatia de sorvete de creme e calda, e tivemos nossa primeira experiência com um cheesecake dos Estados Unidos. Meus amigos, o cheesecake de lá é uma delícia! Bem diferente do que vemos por aqui. Esse particularmente estava bom, mas o que vou postar nos próximos dias para vocês, o do Junior's Bakery, foi o melhor que já comi na minha vida! Mas este virá em um próximo post! Aguardem!


Após muito bem servidos, satisfeitos e com as cabeças anuviadas, pagamos a conta, com direito a tip, e voltamos para o nosso hotel para nos prepararmos para o próximo dia, bem intenso.

E assim vou ficando por aqui meus amigos. Agora a nossa missão será descrever cada um dos 18 dias dessas viagem, então aguardem que terão muitos pratos, bebidas, sobremesas e fatos engraçados para vocês apreciarem! Não deixe de acompanhar o Mundo Gastronomic! nos próximos dias para ver como seguiu essa viagem!

Um grande abraço e até breve!







1 comentários:

  1. Esse file tem muito aspecto aspecto.
    Gostei do post e fico ansiosa pelos proximos.
    Boa semana
    bj

    ResponderExcluir