Menu

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Festival Rio bom de mesa 2013

Começa nesta sexta-feira (31/05/2013) a décima primeira edição do festival Rio bom de mesa, trazendo para cidade maravilhosa criações de 11 chefs de diferentes estados do Brasil com pratos de comidas típicas do Norte.

Lombo de pescada com crosta de tapioca, no Esch Cafe
O festival funciona da seguinte forma: os chefs convidados desenvolvem um menu temático em dez casas do Rio e uma de Niterói. Para os cariocas, é uma oportunidade imperdível de desfrutar pratos de grades cozinheiros de todo Brasil.

A sede é estabelecida na Praça General Osório, em Ipanema, onde será montada no domingo, 02/06, uma versão miniatura do Ver-o-peso, famoso mercado de Belém.



Confira abaixo algumas delícias oferecidas nesta edição.

Ceviche de peixe, camarão e polvo, no restaurante Vitória (36 R$)

Bolinho de arroz camaroli com pato e jambu, no restaurante Casa da Suíça (Menu completo a 96 R$)

Filhote de tucupi e cuscus de farinha d'água, no restaurante O Navegador (136 R$)

Confira matéria completa do Rio Show.



6 comentários:

  1. Deve ser uma oportunidade interessante, Felipe!

    ResponderExcluir
  2. Que evento fenomenal. Adoraria poder saborear alguns desses petiscos, mas daqui dos Açores fica difícil chegar aí ao Brasil num instantinho.
    Obrigada pelo comentário no Receitas ao Desafio, blogue coletivo para o qual contribuo.
    Um abraço aqui do meio do atlântico.
    Patrícia

    ResponderExcluir
  3. E ai, Felipe.

    Super evento, não?
    Pena, que eu tô na corrida no Nordeste e não consigo ir...
    Agora estão usando tapioca em tudo, você notou? Enfim, a descoberta desse ingrediente maravilhoso.

    Um abração,

    Fábio Lima

    ResponderExcluir
  4. Fui hoje prestigiar este evento na praça gal osório, e me decepcionei com o evento, sou paraense e esperava mais.
    Tchenay

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Tchenay,

      É uma pena ouvir isso! Admito que eu também esperava mais. Os pratos dos restaurantes que não deixam a desejar, mas os preços são exorbitantes!

      Abraços,
      Felipe

      Excluir