Menu

domingo, 10 de março de 2013

Cervejas artesanais e bolinho de feijoada é no Colarinho


Olá todos! Hoje vim deixar a recomendação de um excelente estabelecimento relativamente novo, mas que já está dando o que falar. Com cerca de 2 anos e meio de atuação, já conquistou uma clientela fiel. Estamos falando do Botequim Colarinho, em Botafogo, Rio de Janeiro. Chopes e cervejas da melhor qualidade, com petiscos especiais e variados, é lá mesmo.

Localizado estrategicamente em frente ao metrô da estação de Botafogo, em um novo pólo em crescimento, o estabelecimento já conta com clientes fiéis deste a sua recente inauguração, em 2010.

Durante a noite o local está sempre cheio, então não é muito aconselhável para grandes grupos de pessoas, a não ser que o grupo vá cedo para pegar lugar. No fim de semana durante o dia, o ambiente é tranquilo e perfeito para passar um tempo com os amigos. Para um happy hour depois do trabalho, eu diria que cai como uma luva.


A primeira pergunta que surge é: o que faz deste local tão diferente dos vários bares e botequins que existem por aquela região? Uma pergunta simples, mas a resposta nem tanto, mas vamos começar falando da localização e ambiente. O fato de ter sido escolhido em um local em crescimento, com vários concorrentes na região, porém que não estão exatamente neste pólo, bem em frente ao metrô, faz do botequim um ponto de parada, quase um oásis para o mochileiro de passagem. A ambientação do local é condizente com a sua imagem: relembra a boa e velha boêmia carioca. Com torneiras de chope penduradas no teto e mesinhas dispostas do lado de fora, chama a atenção de quem está passando.

Chopes e Cervejas

Este é um dos pontos fortes do estabelecimento, dá para ver que os donos trabalharam bem esta parte. Surpreendentemente, o local não possui cervejas em garrafa tradicionais, como Antartica ou Skol, apenas cervejas em garrafa importadas ou artesanais, mas isto não faz a mínima falta. Na verdade isto é um dos atrativos do lugar. Apreciadores de cervejas, como eu, podem ir lá e encontrar diversos tipos de cervejas importadas, nacionais e artesanais. Com um preço diferenciado, é claro, mas algumas não tão caras assim. Lá eu tive a oportunidade de beber uma cerveja que conheci na Inglaterra, a Guinness. Me surpreendi, não esperava encontrar essa cerveja assim em plena botafogo! O preço é sim acima do normal, mas a relação custo/benefício é bem generosa.

O local oferece também uma variação incrível de chopes. É difícil encontrar outros lugares com tanta variação de chopes e cervejas como podemos ver no Colarinho. Mesmo os chopes tradicionais possuem uma variedade que atrai as pessoas, oferecendo por exemplo o chope da heineken além do tradicional chope da brahma.

Eles possuem um conceito chamado "torneira convidada", onde de tempos em tempos eles anunciam em seus canais da internet a chegada de algum chope diferente dos que são servidos tradicionalmente, que você pode chegar lá e experimentar, então você sempre pode encontrar chopes diferentes quando for lá. Coisa de primeira!






Petiscos

Outro ponto forte do estabelecimento são os seus petiscos. Eu tive oportunidade de conversar com a chefe sobre um dos mais diferenciados petiscos do local, o bolinho de feijoada.


O petisco está disponível no cardápio desde a inauguração do estabelecimento e acabou se tornando um dos petiscos típicos do local. Por fora uma massa fina, levinha, diferente daqueles petiscos oleosos que a gente encontra por aí. Por dentro um recheio robusto, uma feijoada tipo tutu com pedaços de calabresa e couve. Uma mistura atípica para um bolinho, criativa e deliciosa. Vale a pena experimentar!

Existem diversos outros petiscos e pratos mais tradicionais que saem muito, como pasteizinhos, porções para beliscar, pratos para duas pessoas, a pratos executivos para quem quer almoçar durante o dia.


Negócio próprio

Um dos pontos que eu achei interessante é que o local não é uma franquia, e sim um negócio próprio com todo o potencial de se deslanchar por aí e abrir em novos locais. Uma hora ou outra isto terá que ocorrer, pois aquela filial em frente ao metrô já está ficando badaladíssima e não tem muito para onde crescer.



É isso ai pessoal, Fica a recomendação! Abraços e até a próxima!









4 comentários:

  1. wuau parece ser mesmo mt bom esse bolinho deve ser dos deuses humm bjs bd

    ResponderExcluir
  2. Nem te conto Isa.. eu estava com preconceito com o bolinho, nunca havia comido bolinho de feijoada, mas no primeiro pedaço já tinha visto que era coisa de profissional ;)

    ResponderExcluir
  3. Olá Felipe! Pena viver tão distante e não poder conhecer este local tão aconchegante, senão provaria esta cerveja preta que adoro.....beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. Poxa! Se vier ao Rio não deixe de conhecer!
    beijos

    ResponderExcluir