Menu

sábado, 29 de dezembro de 2012

*Especial de ano novo* - Sugestões para ceia do fim do ano de 2012

Caros amigos! Fim de ano está chegando, espero que todos tenham tido um ótimo Natal com suas famílias. No post de Natal o Mundo Gastronomic deixou uma receita especial de Pavê de Nozes para vocês, mas espero que não tenham se empanturrado muito, pois hoje vamos revisar todas as maravilhosas receitas que publicamos ao longo do ano para montar uma retrospectiva saborosa para vocês. Espero que gostem!



Bacalhau gratinado

Ver receita
Todos sabem que em uma ceia de fim de ano não pode faltar bacalhau, e para nós não é diferente. Temos para vocês uma receita esperta de bacalhau gratinado muito simples de fazer e que dá um excelente rendimento. Muito recomendada!


Travessa de peixe


Ver receita
Outra ótima receita, bastante versátil e saborosa. Com esta travessa de peixe, você irá transformar qualquer posta (desde que utilize o peixe certo) em um banquete digno dos reis.


Filet mignon aperitivo com molho de gorgonzola


Ver receita
Esta é uma das minhas favoritas. Com este filet mignon aperitivo ao molho de gorgonzola você vai poder ficar beliscando com seus amigos e familiares enquanto curte este prazeroso fim de ano.


Arroz à grega


Ver receita
Em qualquer ceia, não pode faltar uma boa guarnição e não tenho dúvidas de que este arroz à grega dará conta do recado. Uma receita simples mas que rende em uma guarnição que agradará a todos.


Pavê de Bombom


Ver receita
Este pavê é um pouco mais complicado de fazer pela sua quantidade de camadas, mas com certeza irá impressionar a todos com o seu impressionante sabor. Afinal, todos gostam de bombom, e muitos gostam de pavê, então como poderiam não gostar de um pavê de bombom?


Pavê de Nozes com Avelãs


Ver receita

Para fechar, nossa receita especial de pavê de nozes com avelãs, recomendada há poucos dias para a ceia de Natal. Digo a vocês, fez um tremendo sucesso! A travessa grande que fiz acabou de um dia para o outro!


É isto meus caros, desejo a todos um ótimo 2013 com muitas maravilhas gastronômicas que este mundo tem a nos oferecer. Tudo de bom para vocês e um forte abraço!





segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

*Especial de Natal* - Pavê de Nozes com Avelãs

Caros amigos, colegas amantes da gastronomia, familiares, irmãos. É Natal! Uma época para confraternizarmos com aqueles que amamos, para estarmos juntos daquelas pessoas que são tão especiais para nossa vida. É uma época de perdão, amor e fraternidade. A oportunidade perfeita para esquecer todos os momentos difíceis que se passaram ao longo do ano e comemorar os bons momentos, ao lado das pessoas que tornaram essas vitórias possíveis.

É claro que, como faziam os antigos e assim fazemos até hoje, toda boa comemoração deve ter uma boa comilança! Não tenho dúvidas de que os fogões de milhares de casas trabalharam a mil nestes últimos dias para  que merecedores banquetes pudessem ser preparados para esta apreciada data. Por isto, venho aqui para deixar no Mundo Gastronomic minha humilde contribuição, um Pavê de Nozes com Avelã que preparei para este Natal. Fiz questão de postar esta receita após o sucesso que ela fez no amigo oculto da empresa!

A receita é simples de fazer, a único segredo é acertar o ponto do creme, senão fica mole demais. Vamos aos ingredientes.

Características


CategoriaSobremesa
Tempo de preparoAproximadamente 1 hora e meia
Rendimento20 porções
ComplexidadeIntermediária


Ingredientes



- 3 latas de leite condensado
- 3 latas de creme de leite
- 3 medidas de lata de leite e mais cerca de 200 ml para molhar os biscoitos
- 1 pacote e meio de biscoito champanhe
- Cerca de 150 gramas de nozes (contando com a casca)
- Cerca de 100 gramas de avelã (contando com a casca)


Preparo

Como disse, esta é uma receita razoavelmente simples, o mais difícil mesmo é atingir o ponto certo do creme, mas vou procurar dar as orientações para que tudo dê certo.

A primeira coisa a se fazer e moer as nozes, pois, para não desandar o preparo, você terá que misturar as nozes moídas ao creme assim que o creme estiver pronto.


Ponha as nozes no liquidificador e bata bem devagar. O ideal é que o liquidificador tenha aquela função pulsar, para que não fuja do controle. Veja bem, queremos nozes levemente moídas, e não nozes em pó. Deixe as nozes em pedaços pequenos, mas substanciais, e separe. Logo logo elas serão utilizadas.





Vamos ao preparo do creme. Pegue uma panela bem grande, eu utilizei uma panela tipo caldeirão. Tome cuidado com o tamanho, caso contrário o creme vasa e vai sujar o fogão todo e o pior de tudo, vai desandar seu preparo.

Coloque as 3 latas de leite condensado, 3 latas de creme de leite e as 3 medidas de lata de leite na panela grande. Para medida de lata de leite, basta encher a lata de creme de leite com o leite, utilizando como medida.

Acenda em fogo alto e comece a misturar. Prepare-se para ficar misturando por pelo menos uma hora e não pare por nada, senão desanda o creme!

Após cerca de 15-20 minutos mexendo, o creme deve começar a subir, por conta do leite estar fervendo. Isto é normal, deixe o creme subir até ficar perto da borda da panela. Quando estiver bem alto, diminua o fogo, deixe em fogo médio.

Agora vá mexendo mexendo mexendo sem parar. Você deve ficar pelo menos mais uns 40 minutos mexendo, até o creme engrossar, o mais importante é não parar.

Tome o cuidado também de não mexer apenas na borda, de vez em quando mexa no centro para evitar que o creme grude na panela e forma uma casquinha que fica feia quando formos montar o pavê.

Quando o creme estiver no ponto certo, tanto a cor dele deve mudar, para uma cor parecida com a do leite condensado, quanto sua textura. Coloquei essa foto para ver se ajuda. Tome cuidado também para não ficar tempo demais, ou o creme pode ficar minguado.

Uma dica para saber o ponto, é que depois que você diminuir o fogo, após mais um tempo misturando o creme deve começar a borbulhar. Após um tempo borbulhando, e apenas após a textura e a cor estarem no ponto certo, apague o fogo.

Uma vez com o creme na textura certa, pode apagar o fogo e acrescentar as nozes moídas. Vá mexendo bem para misturar, com o fogo já apagado.



A parte difícil já foi, agora é tranquilo. Pegue uma travessa (eu gosto muito das de vidro) e coloque uma primeira camada do creme. Com a ajuda da colher de pau, forre toda superfície da travessa, formando a base para você colocar os biscoitos em seguida.



Para os biscoitos, peque uma travessa pequena e encha com o restante do leite. Você vai molhando os biscoitos um por um no leite, dos dois lados de cada biscoito, e posicionando gentilmente por cima da camada de creme. Dependendo da travessa, eles vão ficar acomodados sem problemas, mas em algumas será necessário quebrar o biscoito. Quebre antes de molhar no leite.



Uma camada de creme e uma de biscoito já foram. Agora para a terceira camada de creme, vá despejando gentilmente o creme por cima dos biscoitos e forma que eles fiquem todos cobertos.

Após esta camada, coloque mais uma de biscoito. No final de tudo, serão um total de 3 camadas de creme e duas camadas de biscoito.


Um cuidado especial com a terceira e última camada do pavê. O creme deverá cobrir completamente os biscoitos, pois quem for olhar o pavê não precisa saber o que tem dentro! Portanto, a última camada deverá ser um pouco mais generosa que as duas primeiras. Basta colocar o suficiente para cobrir completamente os biscoitos.

Agora é só decorar. Pegue as avelãs inteiras, descascadas, e vá posicionando uniformemente por cima do pavê, fazendo um acabamento final para sua obra prima. Além do gosto das avelãs combinar com o gosto do creme, vai deixar o seu preparo muito mais bonito. Como uma guia turística me disse uma vez em uma viagem que fiz ano passado, nós comemos com os olhos!

Parabéns, seu pavê está pronto, se você seguiu tudo direitinho está quase pronto para ir para barriga. Agora deixe na geladeira por 3 horas para endurecer o creme e ele estará pronto para fazer a felicidade da sua família!

Dica: Você pode colocar também no congelador, fica durinho, quase como um sorvete. Eu gosto das duas maneiras, tanto na geladeira quanto no congelador, mas com o calor que está fazendo no Rio de Janeiro, talvez vale a pena ficar estilo sorvete né? Mas é contigo!

O crédito desta receita vai para minha esposa, que me ensinou a fazer esse creme maravilhoso! Te amo!



Desejo a todos um belíssimo Natal, e boas festas!

Abraços e beijos.