Menu

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Pale Ale Single Hopped em Taverna de Cantersburry - Viagem Europa - 16º dia - Parte II

Como vão amantes de gastronomia, hoje tem mais viagem à Europa aqui no Mundo Gastronomic! Dedico o post de hoje às diversas cervejas que vimos em Cantersburry, já na Inglaterra. Esse país merece esse tipo de homenagem, as cervejas que tomamos lá foram todas fenomenais!

No início deste 16º dia, já no finalzinho desta incrível viagem, havíamos pego um navio para ilha da Grã-Bretanha, ilha onde fica situada maior parte do país que conhecemos como Reino Unido. O navio era imenso, levou o ônibus da excursão inteirinho. Após uma hora navegando pelo mar, chegamos na imensa ilha, onde rapidamente pegamos nosso rumo até Cantersburry, uma cidadezinha que paramos antes de chegarmos ao destino final da viagem: Londres. Foi a cidade onde tivemos a noite mais animada da viagem. Vou falar um pouco mais sobre Londres no próximos post. Hoje falo de Cantersburry.


Cantersburry é uma pequena cidade que fica a poucos quilômetros da costa onde desembarcamos no Reino Unido. Como toda pacata cidadezinha inglesa, é composta por aquelas casinhas típicas, com telhados angulosos  e janelinhas estrategicamente posicionadas. Dentro da cidade, pudemos encontrar muitas lojinhas de doces e antigas tavernas e pubs. Uma curiosidade notável é que encontrávamos muitos estudantes (era dia de semana) vestidos com uniformes bem rigorosos que incluíam ternos e trajes bem formais. Lembravam muito os alunos de Hogwarts, a escola de bruxaria do Harry Potter, rs. É claro que sei que a autora teve muita inspiração nas cidadezinhas da Inglaterra, mas ver assim na rua é outra coisa.

Outro nicho que vimos muito foram músicos e artistas de rua, tocando os mais variados estilos. E música de boa qualidade! Nestes países, muitas pessoas conseguem viver só disso.

Ficamos muito pouco tempo na cidade, mas deu tempo de fazermos duas coisas: experimentarmos um dos doces tradicionais do lugar e tomar uma cerveja.


Esta lojinha de doces que fomos lá parecia ser especializada em bolos e cupcakes. Havia bastante variedade e minha esposa ficou louca, queria levar tudo. E realmente, olhando todas as opções que haviam, ficávamos perdidos, não tivemos opção a não ser perguntar para moça da loja. Com aquele sotaque puxado em Inglês, conseguimos entender de forma geral os sabores.



Acabamos pedindo este pedacinho de bolo para experimentar, acho que era de morando com chocolate. Gostosinho, essa cobertura era durinha, beeem doce, bem que a menina havia nos alertado. Tão doce que minha esposa não aguentou comer tudo e é claro, deixou para o comedor de restos aqui detonar.








Após os docinhos e uma boa caminhada pela cidade, estava na hora do grande prêmio: eu estava simplesmente me mordendo para colocar a boca em uma caneca de cerveja Inglesa. Isto não é apenas onda, existe um motivo para as cervejas dos países da Grã-Bretanha serem tão famosas. Não só as cervejas, mas os Wiskys também. É por causa da água, as água que correm por aquelas regiões são de excelentíssima qualidade, possibilitando uma base perfeita para os produtos. Juntando-se ingredientes de primeira qualidade, daí que temos este resultado final. Se você não sabe do que estou falando, por favor, vá em algum pub na sua cidade que sirva este tipo de cerveja e você entenderá. Aqui no Rio de Janeiro existe o Shenanigans por exemplo.

Ao chegar no pub, eu discretamente tirei umas fotos dos taps, as torneiras dos chopps, pois eu não tinha certeza se eu podia sair tirando foto de dentro do estabelecimento.


Nesta foto temos a Binggleston, cerveja escura, a Single Hopped, cerveja do tipo Pale Ale super amarga, e Foundry Torpedo.

A Single Hopped eu cheguei a pedir pois achei curioso o nome Pale Ale. Extremamente amarga, mas extremamente saborosa.





Já nesta foto temos Guinness, uma cerveja escura das mais populares por lá, com malte cremoso extremamente saboroso, e a Cold Première, uma cerveja com anos de tradição, servida bem gelada. Eu particularmente gosto muito da Guinness, mas desta vez fiquei só no Pale Ale


Single Hoped Pale Ale

Posso dizer, como alguém que experimentou a cerveja, que esta não é para qualquer um. O gosto das cervejas do tipo Pale Ale é extremamente amargo, mas nem por isso é mais alcoólica que as cervejas tradicionais. O gosto parece que fica na sua boca insistentemente após um bom tempo de ingerir a bebida. Nem por isso o gosto é ruim, é possível saborear o malte enquanto ele enche sua boca com o gosto amargo. Recomendo, mas aviso: não é para qualquer um!

Curiosidade: a cerveja foi servida em temperatura quase ambiente, assim como muitas cervejas de lá.


Assim, finalizo meu relato sobre nossa breve passada por esta cidadezinha da Inglaterra. Gostaria de ter ficado mais tempo em Cantersburry!

O próximo post sobre a viagem à Europa já será em Londres, etapa final desta louca viagem de 18 dias pela Europa. Por enquanto me despeço de vocês, desejo um ótimo fim de domingo, grandes abraços!






0 comentários:

Postar um comentário