Menu

domingo, 18 de dezembro de 2011

Spritz, bebida típica de Veneza - Viagem Europa - 8º dia - Parte I


Qual é pessoal, tudo em riba? Vamos chegando mais, pois depois do post paralelo de ontem, sigo continuando com a viagem à Europa, e o post de hoje está chapa quente. Foi o dia em que fomos à Veneza, na Itália. Um lugar simplesmente sensacional, uma típica cidade turística. Comemos um prato de petiscos de peixe em um restaurante fino e tomamos um spritz, uma bebida local.






No início deste 8º dia, acordamos cedo, como em quase todos os dias desta viagem. Pegamos o ônibus da excursão e partimos para o centro histórico de Veneza. Mas antes de prosseguir, vamos falar um pouco desta bela cidade.

Veneza é uma cidade na Itália localizada em uma lagoa do mar Adriático, a Lagoa de Veneza. O centro histórico é constituído por diversas ilhas que ficam no centro da lagoa, contando cerca de 60 mil habitantes. A cidade foi no passado uma das mais importantes antes da unificação do território Italiano. Hoje, sua economia se constitui basicamente de turismo. A forma como a cidade foi arquitetada neste conjunto de ilhas, bem no meio da lagoa, permitiu a adoção de uma forma única de ser transportado pelas casas, utilizando-se gondolas, sendo este tipo de passeio um dos marcos da cidade. Não existe nada mais romântico do que um passeio de gondola pelas passagens de Veneza, com uma música ao vivo.

Como toda cidade turística, as opções de restaurantes em Veneza eram bem amplas, mas também haviam diversos restaurantes típicos. Eu estava doido para experimentar um prato com pescado fresco. Só que neste dia nos extravagamos. Fomos em um restaurante chique de Veneza, muito bom. O pratinho de peixinhos aperitivo que comemos dava até pena. O nome do restaurente era abcquadri alajmo.

Primeiro que se tem uma impressão muito boa ao chegar no restaurante. Ao som de uma música jazz, o garçom perguntou se podia pegar nossos casacos e nos sentamos. Como o gondoleiro do passeio de gondola havia nos recomendado essa bebida, o spritz, logo pedimos. Abaixo uma foto do cardápio do restaurante. Eu encontrei um link para o cardápio completo na internet.


Dá para ver que era bem carinho, mas afinal, era um restaurante chique e de muito bom gosto. Pouco tempo depois vieram os spritz.


O spritz é uma bebida de origem austríaca que possui diversas variantes, mas é composta basicamente de suco de frutas e vinho gaseificado. Na foto da esquerda acima haviam duas variantes, uma com suco de laranja, mais docinha, na esquerda, e a outra com suco de cranberry, mais amarga, à direita. 

Não comemos como um italiano neste dia, afinal só comemos um prato e uns pãezinhos como entrada. O prato principal foram os peixinhos aperitivo. Como eu disse, dava uma pena comer, mas uma vez na boca, estava uma delícia. O molho que acompanhava era especial.



Este dia foi muito especial para nossa viagem, esta refeição fechou com chave de ouro. Pedimos a conta, que foram exatos 69 euros. Sim, neste dia pagamos bem caro, mas valeu a pena! Saindo do restaurante, fomos explorar um pouco mais a bela cidade. Nossa quia falou: "vocês tem que se perder em Veneza, mesmo que tenham que se achar novamente". Eu entendo o que ela quis dizer. No caminho, ainda tirei foto de uma pizzaria italiana.


Show de bola, pena que já estávamos bem satisfeitos.

No final deste 8º dia, ainda comemos em um restaurante vegetariano show de bola, 100% vegan. Até o queijo ralado não tinha origem animal. Amanhã vou falar sobre esta experiência. 

Assim me despeço de vocês. Como sempre, coloco umas fotos da bela cidade. Estas valem a pena ver. Um grande abraço e bom fim de domingo para todos.










0 comentários:

Postar um comentário