Menu

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Piriquita em Sintra - Viagem Europa - 2º dia - Parte II






Caros, ontem postei sobre o bacalhau português que comi em Cascais, no segundo dia da viagem da Europa. Só de olhar o post já fico com fome.

Mas o dia não acabou aí. Continuando o passeio, fomos de Cascais parar em Sintra, uma bela vila portuguesa na região de Lisboa (mas não na Grande Lisboa). Fazendo o tour pela cidade, fomos parar em uma pequena padaria chamada Piriquita. Sim, o nome é peculiar, mas os docinhos valem a pena. O preço não é caro e você sai de lá com docinhos que pode até levar para comer mais tarde no quarto do hotel.


O doce mais famoso do lugar são os Travesseiros, mas como minha esposa não gosta de doces feitos a base de ovos, resolvemos experimentar as queijadinhas. Achei elas gostosas, apesar de não ter impressionado muito minha esposa, que é a expert em doces. Infelizmente não tirei foto das queijadinhas, mas consegui uma em um site que fala da Piriquita. Também coloquei uma foto dos travesseiros.


O preço de cada queijadinha era menos de um euro. O preço do travesseiro custa dois euros e pouquinho. Mais um euro e vinte da bebida, a conta deu menos de 5 euros. Pelos docinhos, uma barganha.

Para chegar na Piriquita, você primeiro precisa achar o Palácio Nacional de Sintra. De lá, é só perguntar, fica bem perto. Mas para os tímidos de plantão, segue um mapa para não precisar perguntar para ninguém.







E assim termino o post de hoje com algumas imagens da bela cidade de Sintra. Amanhã vou postar sobre um almoço que fizemos numa cidadezinha, Marvão, que passamos à caminho da Espanha. Comemos em um restaurante tradicional com azeitonas colhidas do pé.

Até lá.









2 comentários:

  1. Fiquei com água na boca!!! Delícia!

    ResponderExcluir
  2. É Flor, aproveita que para olhar não tem que pagar!! Agora para comer, se paga em euro.

    ResponderExcluir