Menu

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Bacalhau português em Cascais - Viagem Europa - 2º dia - Parte I






Pessoal, o segundo dia de viagem teve uma refeição muito mais substancial do que do primeiro dia, isso eu garanto. Comemos um bacalhau de primeiríssima qualidade, justamente em um dos lugares mais adequados a isto: Portugal. O prato é de dar água na boca.

Primeiro, é claro, vamos falar um pouco sobre o bacalhau, afinal gastronomia também é história. Direto do wikipedia:

"O peixe foi descoberto e era adequado às necessidades da época, como produto não perecível (pelo facto de poder ser salgado, e manter suas características gustativas) que aguentava longas jornadas. As longas travessias pelo Oceano Atlântico duravam mais de três meses e após diversas tentativas com os peixes da costa local os portugueses encontraram o bacalhau perto do Oceano Ártico. Iniciaram tempos depois sua pesca na costa do Canadá, descoberta em 1497.

Durável e acessível a uma parte da população que raramente podia comprar peixe fresco, seu sabor era mais agradável do que o de outros pescados salgados. Imediatamente o bacalhau passou a fazer parte da cultura daquele povo, que rapidamente passou a ser o maior consumidor de bacalhau do mundo. Incorporado aos seus hábitos e sua culinária foi consagrado como "fiel amigo" dos portugueses, sendo hoje uma das suas principais tradições." (Wikipedia)

Podemos ver que este peixe é consumido pelos apreciadores da boa gastronomia há mais de 500 anos. Isto só comprova que não há bacalhau como o feito em Portugal. E tive a oportunidade de experimentar esta delícia.

Após uma pausa da expedição, conhecendo as praias de Cascais, fizemos uma pausa no restautante Luzmar, na Alameda dos Combatentes da Grande Guerra, n.104.



Estava me coçando para experimentar um vinho português, então não pensei duas vezes. A guia havia anteriormente explicado sobre um vinho do tipo Vinho Verde que é produzido apenas na região demarcada dos Vinhos Verdes, localizada no Noroeste de Portugal. É feito com uvas que ainda não estão maduras, possui um sabor bem característico.



Esta foi uma meia garrafa, custou 8 euros se não me engano. Após bebericar um pouco de vinho, chegou os pratos de bacalhau que pedimos. Eu pedi bacalhau à lagareiro, que é levado ao forno com bastante azeite, pode ser visto na foto 1. Minha esposa pediu um bacalhau que é preparado grelhado, na foto 2.





Ambos os pratos estavam muito bons e com guarnição até dava para duas pessoas cada um. O bacalhau à lagareiro custou 17 euros e o bacalhau grelhado foi 16. A conta, somando uma água que pedimos, deu por volta de 45 euros. Lá eles não cobram 10%, então você pode dar o quanto você achar correto. Demos uma gorjetinha e saímos, satisfeitos com a vitória alimentícia do dia. 

O restaurante cervejaria Luzmar pode ser encontrado neste mapa que compartilho abaixo. 








Por fim, posto umas fotos da praia de Cascais, infelizmente nubladas no dia que fui. De acordo com a guia, as praias mais bonitas de Portugal. Sinceramente não fiquei muito impressionado rs. Mas enfim, ainda assim são bonitas, é que sou mimado com as lindas praias do Rio de Janeiro.







0 comentários:

Postar um comentário